Talea Jacta Est – Rafael Toral
06 Dezembro

//

22:00

//

Entrada Livre
Talea Jacta Est – Rafael Toral
06 Dezembro

//

22:00

//

Entrada Livre

Poster

Image

Uma talea é um padrão rítmico usado (lançado?) em isorrítmos que se repete ao longo de uma peça musical em pelo menos uma das vozes.

Talea Jacta são Pedro Pestana (10 000 Russos, Tren Go! Sound System) e João Pais Filipe (Paisiell, HHY & The Macumbas, Sektor 304), que se juntaram em concerto no ano de 2016 a convite da Favela Discos, iniciando um trabalho em conjunto de exploração e reflexão sobre a música e também de experimentação de linguagens e respetivas técnicas que ainda não tinham utilizado noutros projetos. Os primeiros resultados deste encontro deram origem a "I", lançado no início deste ano e disponível no Bandcamp da banda. Do convívio e do trabalho desenvolvido, surgiram mais ideias e a vontade de alargar este universo musical colaborando com outros pensadores e argonautas contemporâneos.

No início de 2018, este projecto foi selecionado para apoio no âmbito do Criatório, programa de apoio à criação artística contemporânea na cidade do Porto. Além da vontade expressa, é também graças a este apoio que nasce Talea Jacta Est, um projecto multidisciplinar que envolve residências artísticas com Rafael Toral, Wendy Mulder, Julius Gabriel e André Couto cujo resultado será gravado ao vivo e posteriormente editado em vinil através do selo A Bone For Tuna Records.

Entre os vários parceiros estão a associação cultural Maus Hábitos – que acolhe todas as apresentações ao vivo do resultado de cada uma das residências – e a Materia Prima que assegura a distribuição do vinil duplo. Será igualmente produzido um documentário – realizado por Vanessa Fernandes – acerca do processo criativo que aponta a uma reflexão acerca do encontro entre as diferentes linguagens musicais presentes no projeto. Dayana Lucas está a cargo do design. A Pé de Cabra gere a produção e a logística

Rafael Toral toca música electrónica como um musico de jazz toca o seu instrumento, aplicando a disciplina e práticas de trabalho do jazz à sua electrónica abstracta. Toral desenvolveu um sistema musical para fisicamente tocar instrumentos electrónicos experimentais e põe-no em prática com o projecto em larga escala Space Collective. Anteriormente conhecido pelo seu trabalho de drone/ambient com guitarra e electrónica e discos aclamados como Wave Field (1994) ou Violence of Discovery and Calm of Acceptance (2000), renovou radicalmente a sua abordagem à música, lançando o inspirado por jazz e de som alienígena Space Program em 2004 utilizando instrumentos electrónicos experimentais. Entre as suas muitas colaborações, podem citar-se nomes como Jim O’Rourke, Evan Parker, David Toop, Sei Miguel, John Zorn, Christian Marclay, Sonic Youth ou João Paulo Feliciano. Em 1998 tornou-se membro da orquestra electrónica MIMEO. Dirige o Space Collective desde 2008. Também activo nas artes visuais e espaciais, Toral produziu vídeo e instalações entre 1994 e 2003. Tocou na Europa, Canadá; EUA, México, Coreia do Sul, Japão, Nova Zelândia e Austrália e tem estado activo em concertos e como formador em workshops.

Image

Maus Hábitos

Rua Passos Manuel 178, 4º

4000-382 Porto

T: 937 202 918 (Restaurant)

T: 937 202 918 (Restaurant)

T: 222 087 268 (Office)

F: 222 000 134

geral@maushabitos.com

Tue 12h — 00h

Wed & Thu 12h — 02h

Fri & Sat 12h — 04h

Sun 12h — 17h

CLOSED ON MONDAYS

ImageImageImageImage

Maus Hábitos © 2016

powered by

Image