Paulo Mendes
#ourcommonfuture
17 outubro

//

21:30

//

Entrada Livre
#ourcommonfuture
17 outubro

//

21:30

//

Entrada Livre

Poster

Image
“A arte não é só talento mas sobretudo coragem.” -Glauber Rocha

«Anos 90, a discussão das questões de género e da normatividade dos comportamentos sociais não é uma originalidade dos tempos recentes. Nos anos 90 quando iniciei o meu trabalho, vivi a década da ressaca do triunfo dos mercados livres e da instauração do capitalismo global, da Perestroika e da queda do Muro de Berlim, de Ronald Reagan e de Margaret Thatcher, do Cavaquistão lusitano, da Guerra da Bósnia e da Guerra do Golfo, da massificação da World Wide Web, da Cimeira da Terra no Rio de Janeiro, eram os anos da SIDA.

A série de trabalhos L’ART DE VIVRE (PORTRAIT)
KEN C’EST MOI,
BARBIE C’EST MOI,
ACTION MAN C’EST MOI,
foi produzida originalmente em 1997, na sequência de outros trabalhos realizados anos antes em que justamente manipulei brinquedos que representavam estas personagens, estes invólucros de estereótipos.
Nestas fotografias o autor/produtor confunde-se com o produto, o meu corpo é matéria, para se metamorfosear naqueles modelos sociais. Seguindo o princípio de Gustave Flaubert, que terá afirmado “Madame Bovary, c’est moi.”
O meu corpo-sujeito incorpora o corpo político e o corpo-social, debatendo-se com a dimensão grotesca da gestão estratégica das competências comportamentais. Em 1997, em 2019, eles formalizam, através da sua sexualidade e da sua violência latente, os manuais de instruções que recebemos para representar na sociedade do espectáculo.

Enquanto discutimos a viabilidade do Estado Social nesta sociedade da tecno-sociabilidade, observamos os sintomas da precariedade de um sistema globalizado, a precariedade de um quotidiano que se pretende uniformizado, sem atritos, sem pensamento crítico a interferir com o bom funcionamento da grande máquina neoliberal de produção de lucro.
Estamos num período de inovação disruptiva que causou polarizações social e alterações do conceito de trabalho; um período em que presenciamos uma vigilância massiva e somos confrontados com os algoritmos.
Um projecto de trabalho é um mecanismo/processo de pensamento que se materializa temporariamente. Uma exposição não é para descansar os olhos mas sim para exercitar o cérebro.
___________________________________________________________

Produzir ARTE continua a ser um acto de resistência.
A questão não é produzir arte política, mas sim produzir politicamente o nosso trabalho.»


P.M. 2019


//

Artista plástico de formação, curador de exposições e produtor de projectos culturais. Apresenta o seu trabalho individualmente e em colectivo desde o início da década de 90.
Ao longo dos anos e enquanto artista plástico apresentou trabalhos no Museu de Serralves, Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC), Museu do Neo-Realismo, Solar Galeria de Arte Cinemática, Museu do Chiado, Plataforma Revólver, Galeria ZDB, Culturgest, Galeria Quadrum, Galeria Nuno Centeno, Colégio das Artes, Centro Cultural Vila Flor (CCVF), Museu Berardo / CCB, Appleton Square, Museu da Electricidade / Fundação EDP / MAAT, entre muitos outros espaços nacionais e internacionais.
O seu trabalho encontra-se representado em numerosas colecções públicas e privadas como a Fundação de Serralves, Coleção de Arte Fundação EDP / MAAT, Museu do Neo-Realismo, Fundação PLMJ, Fundação Ilídio Pinho, Colecção Norlinda e José Lima, Colecção Ivo Martins, entre outras.
Ao longo de trinta anos de trabalho, participou em aproximadamente trezentos projectos expositivos e performativos, tendo comissariado e produzido mais de setenta exposições, independentes e institucionais, que marcaram o desenvolvimento do trabalho de uma nova geração de criadores e lhe proporcionaram um extenso conhecimento das práticas artísticas em Portugal.

Image

Maus Hábitos

Rua Passos Manuel 178, 4º

4000-382 Porto

T: 221 124 868 (Restaurante)

T: 937 202 918 (Restaurante)

T: 222 087 268 (Escritório)

F: 222 000 134

geral@maushabitos.com

Terça 12h — 00h

Quarta e Quinta 12h — 02h

Sexta e Sábado 12h — 04h

Domingo 12h — 17h

Fechado à Segunda

ImageImageImageImage

Maus Hábitos © 2016

powered by

Image